Home / CIDADES/REGIÕES / Casagrande anuncia Central de Intermediação em Libras

Casagrande anuncia Central de Intermediação em Libras

Em alusão ao Dia Nacional dos Surdos, o Governo do Estado anunciou, nesse domingo (26), a Central de Intermediação em Libras (CIL-ES), um serviço inédito no Espírito Santo que será lançado em breve. O projeto visa à tradução simultânea de forma a viabilizar a comunicação entre pessoas surdas e ouvintes, por meio de dispositivo digital. A interpretação, nesse caso, ocorrerá por meio de uma videochamada com intérpretes, com parâmetros avançados de tecnologia, disponível para sistemas iOS, Android e Windows.

“Será um serviço disponível sete dias por semana, 24 horas por dia. Para que as pessoas com deficiência auditiva possam acessar o aplicativo a qualquer momento. Sempre haverá um intérprete para auxiliar na comunicação, como, por exemplo, quando a pessoa estiver em uma loja, no médico, em qualquer situação. Essa é mais uma ação inovadora e inclusiva, que dará dignidade aos capixabas. Em breve, o serviço estará disponível em todo território do Espírito Santo”, comentou o governador Renato Casagrande.

A empresa que vai prestar os serviços foi contratada, na última sexta-feira (24), por meio da Secretaria de Direitos Humanos (SEDH). A CIL-ES também poderá ser utilizada para a prestação de informações sobre serviços públicos, por meio de imagem em tempo real entre intérpretes da Central e pessoas com deficiência auditiva e/ou surda usuárias de Libras. Este serviço estará disponível 24 horas por dia para atender às situações de emergência, e os intérpretes trabalharão em regime de plantão sete dias por semana, inclusive nos feriados.

A Central visa a assegurar o direito à comunicação, conforme prevê a Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência (Estatuto da Pessoa com Deficiência). Em breve, o serviço será lançado e seu funcionamento apresentado à população capixaba.

“Quando assumimos este governo, tomamos conhecimento sobre o projeto e vimos que estava parado. Nos reunimos com as associações de surdos do nosso Estado para entender a importância desse serviço para essas pessoas. A Central de Intermediação em Libras representa um avanço para a inclusão social dos cidadãos e das cidadãs que fazem uso de Libras no Estado do Espírito Santo, garantindo o desenvolvimento da autonomia e potencialidade das pessoas com deficiência auditiva ou surdez que há tempos demandam serviços desse tipo”, afirmou a secretária de Estado de Direitos Humanos, Nara Borgo.

Sobre Adeilson

x

Check Also

Motociclista é abordado pela PM, tenta fugir da abordagem, cai da moto e um suspeito é preso

A Polícia Militar de São Mateus prendeu um individuou com mandado de prisão e ainda ...

José Alair, o Gigante, empreendedor e político

Conhecido como GIGANTE, José Alair tem 36 anos, empresário/contador, nascido e criado no Município de ...

Comunidade do norte capixaba conquista emenda parlamentar para desenvolver Projeto

A comunidade Cristal do Norte, localizada no Município de Pedro Canário, no norte capixaba, através ...